Skip to content

Pólos inteligentes multifuncionais de Carregam drones e veículos elétricos

em

Os pólos inteligentes multifuncionais de Seul carregam drones e veículos elétricos

No ano passado, o Governo Metropolitano de Seul (SMG) anunciou que iria instalar “Smart Poles” (S-Poles) que serviriam não apenas como equipamentos de rua (ou seja, postes de luz, semáforos, semáforos de segurança, vigilância por vídeo), mas também como infraestrutura inteligente em Smart Urban -Technology (ou seja, Public WiFi, Smart CCTV, IoT, Smart Crosswalk).

A cidade sul-coreana de Seul já instalou 26 novos S-Poles em 6 áreas, incluindo Seoul Plaza, Sungnyemun Gate, Cheonggyecheon Stream e muito mais. Cada S-Pole possui funções personalizadas que refletem as características do site. Eles também melhoram a paisagem urbana e melhoram a segurança, o bem-estar e a conveniência dos cidadãos.

SMG irá expandir as áreas de instalação do S-Pole e executar um projeto piloto para expandir suas funções até o final do ano. O projeto é desenvolver pólos S avançados com novos recursos para carregar drones e veículos elétricos, bem como detectar violações de estacionamento, para trazer a cidade um passo mais perto de ser uma cidade inteligente. Estações de drones serão instaladas no andar superior para carregar drones e os S-Poles enviarão dados que serão usados para monitoramento de desastres e resgate. Uma função para monitorar a marcha lenta e o estacionamento ilegais também foi adicionada.

O S-Pole nasceu para substituir várias tecnologias tradicionais da cidade, como os semáforos ou luzes de rua acima mencionados, que poderiam ter muito mais funções. A instalação da S-Polónia resultará na melhoria da paisagem urbana através da integração de várias instalações, poupando nos custos de substituição através da utilização das instalações rodoviárias que atingiram tempos de mudança e garantindo a segurança das instalações. O projeto também reflete a tendência crescente de que a infraestrutura rodoviária pode ser usada de várias maneiras para minimizar a desordem visual e o uso do espaço público.